muxx


mokambo, mokambo, moookaambo, mokambo
August 1, 2008, 12:12 am
Filed under: BOLIVIA, CAFÉ, Santa Cruz, VÍCIOS | Tags:

o mmux tem descoberto que nem tudo são rosas no sul do novo mundo. aos poucos e poucos foi-se apercebendo de que a um dos bens matinais essenciais, a bica, lhe era regularmente negado o acesso. ou melhor, que encontrar um cafézinho, nem que fosse a chávenas de litro como as dos gringos verdadeiros, era mais que difícil.

nas primeiras semanas andou-se pelos encantos do mate e quase não deu pela falta do ouro preto. a altitude e o frio seco davam-lhe tal broa que lhe era impossível racionalizar os níveis de cafeína. nas últimas semanas, porém, começou a desconfiar de que afinal a situação não era tão simples como parecia.

começou primeiro no escritório, devagar, sem pressas: quiere un matecito? não, olhe, hoje apetecia-me um cafézinho. no tenemos, perdon. uma, duas, dez vezes. estranho… ainda não compraram café…. passaram-se os dias e ainda no escritório foram aparecendo sinais de que a relação com o líquido negro era ainda mais complicada. chegavam os convidados para as reuniões, vinha a senhora e perguntava-lhes quiere tomar algo? un matecito? un té? un café? um cafézinho, respondia o convidado. ai perdon, no tenemos, perdon. estranho… ainda não comprou café e anda para aí a oferecê-lo aos convidados… pensou o mmux.

depois, nas viagens de muitas horas que davam para chegar de lisboa a Madrid e voltar, o mesmo. o altiplano todo, de uma ponta à outra, das cinco e tal da manhã até sei lá a que horas da tarde, sem encontrar nem um sítio para beber um café. estranho…

finalmente se fez luz. na terça o mmux foi para o aeroporto às 6:30 da manhã para viajar até à amazónia, chegou, enfiou-se dentro de um jeep durante quatro horas e café nada. estou safo, vou ter uma reunião com o alcaide no escritório dele e oferece-me café concerteza. puro engano. o mmux estava deserto para beber nem que fosse um mokambo. nada, em vez disso o senhor alcalde ofereceu tangerinas que eram muito boas. até à noite à espera de ver um tasco com café sempre sem sorte.

na quarta o mmux acordou num hotel de cinco estrelas. pequeno almoço farto, ovos com tomate, ovos sem tomate, frutas tropicais, bolos, bolachas, torradas, queijos, leite, chá, yogurtes, tem café? não, desculpe, café não temos, acabou. é normal? perguntou-se o mmux – isto não é normal poi’ não?

dia seguinte, eram já 8 da manhã e estava na hora de uma reunião com outro alcalde, também no escritório dele. como o senhor se deixou dormir, o mmux convenceu a comitiva a levá-lo até onde se pudesse beber um café. imaginou, na sua ingenuidade, que o levariam a um dos tascos ali do lado. até chegou a pensar que alguém lhe diria que não se preocupasse que lhe fariam um café numa qualquer das imensas salas do edifício de dois andares. não. levaram-no a atravessar a praça principal e não pararam, viraram por uma rua à esquerda, andaram meio kilómetro, entraram no mercado que era um edifício em construção, subiram as escadas de cimento inacabadas, atravessaram o primeiro piso do mercado – muito grande – e por fim chegaram a um conjunto de 5 ou 6 bancas que tinham café. tipo talhos de praça, mas com café e uns bolinhos. estranho… pensou o mmux. olhe, tem desses pacotinhos de nescafé para vender? tengo pues! então dê-me cá dez carteirinhas para levar… hombre prevenido vale por dos!


10 Comments so far
Leave a comment

é pena ñ ouvires gargalhadas…foi lido em voz alta no gabinete!mas ñ há mesmo café por aí?

Comment by V e r ó n i c a

será que não há tradição de café por causa da altitude? por aí será um drama ter hipertensão. Estou certa que o teu amigo T terá por certo uma explicação super lógica e de grande rigor histórico/cientifico para este mistério…

Comment by carla alexandra

Mmux!
Vai um café de Timor-Leste com a marca de Campo Maior? Neste momento é o melhor que posso conseguir…

Comment by Anonymous

deve ser o que a alexandra diz: as alturas não jogam com a cafeína. pena

Comment by mmux

Com a “quebra” da Bolsa de Valores americana em 2007, o Brasil, principal exportador de café para a Bolivia, teve a primeira grande crise de superprodução do café, tendo que o governo brasileiro promover a queima de estoques para tentar segurar os preços. Em meados do mesmo ano, o Brasil tinha-se visto a braços com outra crise, mas desta vez de subprodução.

Superada mais essa crise, o Brasil continuou a ser o maior produtor mundial de café, embora nos últimos anos tenha de concorrer com outros países da América Latina exceptuando a Bolivia e a Argentina.

O café é, atualmente, a bebida mais consumida no mundo, sendo servidas cerca de 400 bilhões de xícaras por ano, esta media cai drasticamente quando vimos os consumos Bolivianos. O tipo de café mais comum é o arábica, ocupando cerca de três quartos da produção mundial, seguido do robusta, que tem o dobro da cafeína contida no primeiro e por isso se torna a mais desejada entre os turistas pobres em paises como a Bolivia, Timor-Leste e outros.

Comment by T.

PIQUENA CURIOSIDADE:
café é a semente do cafeeiro. A semente é uma pequena esfera verde, que quando atinge o estado
maduro para a colheita tem um vermelho intenso.

Cada fruto costuma possuir duas pequenas sementes semi-esféricas com seus lados planos virados para si. O café é constituído majoritariamente de endosperma (ORA ESTAO A VER!!!!!) que contém altas quantidades da subtância cafeína ( 0.8 – 2.5% ), nomeada a partir da semente.

Comment by T.

Este T. de vez em quando até surpreende!!!

Tirando a parte do endosperma, que era escusado saber… Obrigadinho!

Comment by ordep

E já aderiu ao novo acordo ortográfico!

Comment by Luism

este T deveria ser elevado a Serviço Púbico…

Comment by carla alexandra

Verónica, não lhes ligues, eles estão na deles

Comment by mmux




Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s



%d bloggers like this: