muxx


caloooor
January 4, 2008, 8:23 am
Filed under: Bali, BON VOYAGE, INDONESIA

bali, 04 de Janeiro 08 – o mmux acabou de chegar de mais uma travessia de meio mundo, e encontrou bali cheio de calor, de chuva e de turistas. ainda pensou esta madrugada em levar o pulloverzito quando saisse do hotel para ir para o aeroporto. ideia muito estupida, porque se transpira as 6 da manha so de t-shirt. isto so prova que o homem e’ um animal de habitos, e que a ultima semana a ver dias cinzentos e comecar a tremer de frio assim que se sai’a do meio dos lencois, deixou uma pequena macula (que de resto, ja passou).



BRIOL DO CARAÇAS NO KUDETA
September 13, 2007, 2:15 am
Filed under: BON VOYAGE, INDONESIA, SEMINYAK

o costume. saí de Dili com o mesmo sorriso aparvalhado na cara que tanto enerva os amigos que não vão de férias, o avião continua a chegar atrasado, a gelatina da merpati não sabe a nada e nem parece gelatina, faz muito frio dentro do avião e ainda ninguém conseguiu entender porquê. será que para aquelas bombas andarem têm que ligar o ar condicionado à refrigeração do motor? será que se avariou o comando e já não há peças para o arranjar? serão só tarados os senhores do avião? estará alguma das hospedeiras com afrontamentos desde há quatro anos? ninguém sabe e parece-me que continuará a ser um dos grandes enigmas da aviação civil nos céus asiáticos.

três coisinhas apenas a marcar a travessia para o outro lado da linha de Wallace:

(1) um artigo numa revista de viagens indonésia de distribuição gratuita dentro dos aviões da merpati, em que o afamado escritor, muito viajado e entendido em matéria de turismo, diz que uma das mais belas praias de Sumba tem extenso areal, está circundada de floresta, é virgem mas que os arbustos que vedam a entrada à praia devem ser urgentemente cortados, que isso lhe causou enorme transtorno e que deveria ser visto com a maior urgência. a fotografia atestava que a praia era realmente belissima, veremos por quanto tempo, agora que as autoridades locais que acompanharam o experto foram confrontadas com a sua falta de zelo em manter acessiveis os poucos lugares ainda… inacessíveis.

(2) o jakarta post com a notícia de que o governo indonésio anunciou no dia antes que o ramadão começará oficialmente quinta feira. diz que na semana passada foram mandadas cinco equipas de observadores para os extremos do arquipélago a ver se era mesmo lua nova ou se ela ainda era visivel de algum ponto. diz também que todas as equipas foram unânimes na sua não observação de qualquer vestigio da lua e que portanto o ramadão começa na quinta. diz também que este ano as duas facções que estão normalmente em desacordo, uma que se baseia em cálculos astronómicos, outra que se baseia em observações, concordam com a data do começo do período sagrado. a NASA meteu-se no assunto para dizer que se calhar a definição da data para a idul fitri já não vai ser tão pacífica porque os astros blá blá blá, não li mais nada.

(3) os fónes anti-ruído ou neutralizadores de barulhos que a laura emprestou são espectaculares e vou concerteza comprar uns iguais.

tá frio em bali. ontem no kudeta pensava que me constipava mas talvez os long islands tenham ajudado a precaver-me do pior.



aos comentadores
September 13, 2007, 1:43 am
Filed under: BON VOYAGE, INDONESIA, SEMINYAK

Vargas, só os códigos dos aeroportos é que estão certos, o resto é a brincar, como convém. abraço. T., tá bem tá bem. Ordep, vê lá se consegues dar cabo das cenas que deixei no frigorifico – isto inclui queijo vindo da europa à três semanas apenas. Hau, eles vao começar eleições com muitos observadores e de campanhas e eleições já me bastaram três este ano. Hau, umas três semanas… PrimaNocte, pois.



ainda de bali
May 23, 2007, 12:42 am
Filed under: BON VOYAGE, INDONESIA

arrozal dos papagaios

condimentos indonésios

Pedimos as mais sinceras desculpas pelo atraso nestes posts sobre Bali mas só hoje é que as fotografias ficaram prontas, o que na linguagem do nosso tempo quer dizer que só hoje fomos à procura do cabo, o ligámos ao computador e copiámos as fotografias – como de costume também nos esquecemos de desligar o dispositivo usb. O campo de arroz é em Seminyak e o rapaz do canto de cima vinha de apanhar o papagaio de papel que o vento teimava em não levantar. Os temperos vêm de um restaurante na Dreamland, perto de Jimbaran, mas podiam ter vindo de qualquer outro dos 5.000.000 de restaurantes que a Indonésia deve ter. O dono do sambal deve ser podre de rico.



Albarda-se a mota à vontade do dono
May 22, 2007, 11:50 pm
Filed under: BON VOYAGE, DIZ-SE, INDONESIA

CLUBE da TUPPERWARE

MOTORIZADA de DEUS

MOTORIZADA ALBARDADA A PRECEITO

Sugere-se que assim se altere a expressão idiomática por modo a permitir que seja usada entre os paralelos 23º27’ norte e 23º27’ sul, onde o burro não medra.



porque gosto de checklists
May 18, 2007, 6:09 am
Filed under: BON VOYAGE, INDONESIA

faço outra. agora é a do veraneante.

comer arrozada de marisco no kudeta; dar mergulhos na piscina; comer saladas e beber sumos de frutas; comer o foie gras do warisan; ir apanhar ar ao panoramix; últimas comprinhas; pôr do sol na praia; lanche na luciola; ler livros descansado; aproveitar esplanadas com wifi; alugar uma kijang para ir ao dreamland e a ubud; afugentar vendedores e rogar pragas aos taxistas; comer pizzas na trattoria; mais piscina; roubar uns calções; jantar com o meco; telefonar à família a queixar-me do jet lag e disto tudo; dar os parabéns ao pedro e ao rui e à laura; comprar fisgas para lhes dar de presente; desviar-me dos esgotos a céu aberto; não me mexer muito; não ir às ilhas Gili; massagens; confirmar na merpati o dia de volta para timor



décalage horaire
May 18, 2007, 5:48 am
Filed under: INDONESIA

sofro arduamente de jet lag enquanto me passeio por seminyak. ora me dá sono na piscina do hotel, ora me ponho a abrir a boca nas chaises longues do kudeta. depois de noite, dormir que é bom, nada. às seis da manhã tenho que ir a banhos à piscina, comer qualquer coisa que se apanhe pelo minibar e só a seguir é que consigo dormir outra vez. uma das tais provações a que qualquer um de nós está sujeito.